segunda-feira, 15 de junho de 2009

James Blunt no arrocha

O que pode ser pior do que ouvir James Blunt? Até sábado, eu diria que nada pode ser pior. Mas ontem mudei de idéia.
Explico: da minha casa dá para ouvir os shows da festa junina aqui da cidade. Geralmente contratam umas bandas bem chulé pra tocar, e nesta festa não está sendo diferente. Aquelas cantoras de voz esganiçada, mal-vestidas, e com uma maquiagem e um penteado toscos, acompanhadas por uma banda pra lá de ruim. E o pior, tocando qualquer música do mundo em ritmo de arrocha.
( Ahhhhhhhh, você não sabe o que é arrocha? Não tá perdendo nada. Nem se dê o trabalho de ir no You Tube procurar. Contente-se com a simples explicação: é tipo forró, só que ruim. )
Então... imagina essa banda descrita aí em cima cantando Vanessa da Mata... depois Titãs... assassinando tudo de bom que você conhece. E aí, quando você acha que isso é o fim dos tempos, eles cantam uma música ruim, em inglês, em ritmo de arrocha!!! Espero que isso seja o fim, porque se não for, eu me mudo daqui.
Agora todo mundo comigo:
You're beautiful.
You're beautiful.
You're beautiful, it's true.
I saw your face in a crowded place,
And I don't know what to do,
'Cause I'll never be with you.

2 comentários:

Dona Baratinha disse...

Ai gente, pensamos igual então....ica.

Olavo Soares disse...

Mas tem vezes que esse povo é bem criativo, vai.